Plano de Gestão das Terras Indígenas Tumucumaque e Rio Paru d’Este

Antes mesmo da sanção presidencial ao Decreto 7.747 que institui a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas – PNGATI, a reflexão em torno de “como viver bem dentro da terra demarcada hoje e no futuro” já fazia parte das preocupações de cada “dono de aldeia”, a quem cabe zelar pelo bem estar dos moradores de cada comunidade local no interior das Terras Indígenas Parque do Tumucumaque e Rio Paru d’Este, situadas no Norte do Pará e divisa com Amapá.


Visando dialogar com a PNGATI, esse Plano de Gestão Territorial e Ambiental é fruto do trabalho coletivo e participativo das comunidades locais, lideranças indígenas, associações APIWA e APITIKATXI, com assessoria do Programa Tumucumaque/ Iepé e apoio da Funai, desde 2007. A partir de tudo que foi proposto, acordado e validado pelo conjunto dos donos de aldeia e moradores dessas TIs, é que foi elaborado este Plano, com o objetivo de auxiliar o planejamento da gestão sustentável, e a garantia da proteção territorial de ambas TI.

Baixar