Oficina de Gestão Ambiental Participativa

oficina_iucn

Entre os dias 10 e 11 de fevereiro de 2010, o Iepé realizou a “Oficina Ambiental Participativa e Integrada” reunindo representantes Wajãpi, da Terra Indígena Wajãpi e representantes extrativistas das comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru, na Estação Ecológica do Jari, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A Oficina conjunta entre Wajãpi e Extrativistas contou com a participação de 12 Wajãpi e 7 extrativistas, de representantes das Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Amapá (SEMA), da Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Laranjal do Jari, da equipe do ICMBio e do Iepé. Os principais pontos de discussão foram questão fundiária no entorna da RDS Iratapuru e Terra Indígena Wajãpi; vigilância e fiscalização conjunta; possibilidades de conclusão da Casa da Amizade; maior troca de informações entre os dois grupos; futura construção da Usina Hidroelétrica de Santo Antonio do Jari (UHESAJ) e os conseqüentes impactos ambientais nas comunidades e nas áreas de extração da Castanha dentro e no entorno da RDS Iratapuru. Esta oficina integra o Projeto “Capacitação Comunitária: uma proposta de integração entre extrativistas e índios Wajãpi” desenvolvida pelo Iepé em parceria com a IUCN (The World Conservation Union da Holanda).

Este projeto objetiva promover uma maior integração entre extrativistas e Wajãpi, por meio da construção de propostas de atuação conjuntas e de capacitação em gestão ambiental participativa. Durante a oficina, castanheiros e Wajãpi elaboraram documentos conjuntos sobre a regularização fundiária da RDS e sobre a formação de agentes ambientais.