Wajãpi vão para Alemanha em busca de apoio para formação de AIS

Waiwai Wajãpi e Patena Wajãpi, cacique e agente de saúde respectivamente, viajaram pela Alemanha no período de 6 a 21 de junho, acompanhados por Simone Ribeiro, coordenadora do Programa Wajãpi – Iepé. A viagem foi um convite da organização-não governamental Poema Alemanha, que já apóia a formação de agentes de saúde Wajãpi desde 2006, e teve o objetivo de buscar novas parcerias para ampliar esta formação. O roteiro da viagem – elaborado por Gerd Rathgeb e Johann Graf (presidente e vice do Poema, respectivamente) – constou de visitas a várias cidades do sul da Alemanha. Os Wajãpi visitaram agências financiadoras governamentais e não- governamentais, instituições culturais e ambientais, escolas, universidades, hospitais e tiveram encontros com autoridades políticas.

encontro_alemanha_2 

Nestes eventos, após a exibição do filme “Nossa Vida” produzido pelos estudantes alemães Alexander Scheiter e Michael Vieweg – mostrando partes do curso de formação e atividades cotidianas das aldeias – os Wajãpi realizaram reuniões e palestras explicativas sobre a situação do atendimento à saúde indígena nas aldeias, a necessidade de formação de agentes indígenas para o fortalecimento da autonomia do povo Wajãpi e a necessidade de apoio para incrementar os cursos de formação de agentes de saúde.

Entre as visitas, destacaram-se como potenciais parceiros as seguintes organizações que já apóiam projetos desta ordem: SEZ – Fundação Baden-Wüttenberg de Coorperação e Desenvolvimento; organização Médico Internacional de Frankfurt; Sociedade pelos Povos Ameaçados Bedrohte Völker, entre outros. Teve ainda o comprometimento da deputada federal Heike Hänsel (do Partido de Esquerda) e do prefeito do município de Tübingen, Boris Palmer (do Partido Verde) em buscar apoio para os Wajãpi. Fizeram parte deste roteiro também as escolas parceiras que contribuem já para os projetos do Poema. Os Wajãpi visitaram, ainda, reservas da floresta temperada; sistemas de criação de caça para repovoamento e lojas de comércio justo (fair trade); além de participarem de apresentações musicais que tiveram suas bilheterias revertidas para o fundo de apoio do Poema aos Wajãpi.

 encontro_alemanha_1

A organização Médico Internacional, com sede em Frankfurt, acenou positivamente com um apoio imediato para o próximo curso de formação. Se o resultado for satisfatório para ambas as partes, a Médico Internacional continuará o apoio dos próximos cursos até se consolidar uma parceria com o Apina e Iepé a longo prazo. Na avaliação do Iepé e do Poema, esta parceria tem grandes chances de se consolidar. Atualmente, o Poema (www.poema-deutschland.de) é a única organização que apóia a formação dos Wajãpi. Além deste grupo, o Poema apóia ainda 4 comunidades do estado do Pará, região do Rio Tapajós, em projetos de captação de água e geração de energia elétrica através de sistema solar.

A Médico Internacional (www.medico.de) já atuou no Brasil apoiando a formação de agentes comunitários de saúde do Movimento Sem-Terra (MST) e capacitação de parteiras em parceria com a União das Nações Indígenas (UNI) do Acre, além de outros trabalhos pontuais. A cada visita e evento, os Wajãpi concederam entrevistas às imprensas locais. Para ler uma das matérias sobre a visita dos Wajãpi na Alemanha, clique no link abaixo:

http://www.neckar-chronik.de/Home/nachrichten/nachrichten-rottenburg_artikel,-Indianer-aus-Brasilien-erkundeten-den-deutschen-Wald-_arid,103413.html